CIDADE

Casa Rosa agora é mantida diretamente pela Prefeitura de Araras

foto notícia

Local de acolhimento de vítimas de violência pode receber até dez mulheres com seus filhos

A gestão direta da Casa Rosa "Nilza Apparecida Fernandes", um espaço de acolhimento para mulheres em situação de violência doméstica encaminhadas ao Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), agora está sob responsabilidade direta da Prefeitura de Araras. Até o final do ano passado, o serviço era realizado em parceria com uma Organização da Sociedade Civil (OSC). No entanto, devido à baixa demanda, pois algumas mulheres não optam por vir para o local, a administração agora é conduzida de maneira direta, conforme explica Karina Rebellato, coordenadora da Proteção Social e Especial.

Inaugurada em fevereiro de 2022, a Casa Rosa permanece operando no mesmo endereço, com cinco casas mobiliadas capazes de atender até dez mulheres e seus filhos. Karina destaca que o período mínimo de estadia é de seis meses, podendo ser estendido conforme necessário.

No caso de mulheres que não se sintam confortáveis em buscar ajuda diretamente na delegacia, o Creas é uma alternativa, onde encontrarão apoio e orientação. O Centro está localizado na Rua Visconde do Rio Branco, 675, Centro, e opera de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.


imagem texto
logo logo

Participe e envie sua sugestão de reportagem (VÍDEOS - FOTOS ) pelo Whatsapp.

Ver mais notícias de CIDADE

Compartilhe nas redes