logo

A magia do natal nos Estados Unidos

20/12/2019

Confesso que estava ansiosa para chegar essa época do ano aqui nos Estados Unidos. Realmente o natal é celebrado como vemos nos filmes americanos (obviamente). Todas as casas decoradas com luzes coloridas, bonecos infláveis de papai Noel, trenó, renas, bonecos de neve, diversas árvores e decorações características. Aquele chamado “Espírito de Natal” transforma todas as pessoas em seres caridosos, bondosos e que se empenham em fazer ações de solidariedade nessa época do natal. Por exemplo, é comum você ir ao mercado e se deparar com uma pessoa vestida de Papai Noel ou Mamãe Noel tocando um sino incansavelmente e chamando a atenção das outras pessoas para doarem dinheiro para instituições de caridade. Falando nisso, posso citar várias curiosidades sobre essa época do ano aqui nos Estados Unidos que é celebrada de uma forma totalmente mais intensa do que fazemos aí no Brasil.

Essa é a caixa de Ginger Bread House que eu citei. Nada mais que um kit de doces que se transformam em uma casa.

Vamos ressaltar as principais, bom, como já mencionei, tudo fica extremamente decorado, algumas pessoas acabam até exagerando, por exemplo, tem uma residência próxima a minha que colocou mais de 30 bonecos infláveis de natal na frente da casa, tem até personagens do Star Wars e filmes infantis. Os supermercados, farmácias, restaurantes, ruas, enfim, tudo é muito bem decorado e iluminado. Outra curiosidade é sobre os elfos que ficam fiscalizando as crianças (é isso mesmo), aqui existe uma tradição em que os pais compram um boneco de elfo que em sua maioria vem com um livro que conta a história desse personagem, você deve dar um nome a ele e colocá-lo em um lugar em que ele possa “ver” as crianças. A lenda diz que o elfo se move sozinho dentro de casa e está sempre observando o comportamento das crianças para ver se elas merecem ganhar os presentes do Santa (o papai noel). É claro que quem move o elfo são os pais, além disso, eles também acreditam que não podem colocar as mãos no elfo pra não acabar a magia do natal. Aqui em casa temos o elfo Henry e ele tem me ajudado muito a cuidar das crianças, rs.

Tudo é decorado para o Natal e os lugares geralmente ficam temáticos.

Outra curiosidade do natal daqui são os famosos giftscards, que são cartões de presente com bônus para compras em determinadas lojas e que são super comuns como forma de presentear. Minhas crianças levaram giftscards para todos os professores e até pessoas que trabalham na escola, é bem legal. Um outro costume bem interessante dos americanos é comprar as famosas “Ginger Bread House” que são caixas vendidas em supermercados contendo um kit de bolachas feitas com gengibre e outros confeitos de açúcar e que a criança (ou o adulto) deve montar uma casa usando as confeitarias.

Esse é o famoso elfo aqui de casa, o nome dele é Henry, ele sempre fica fiscalizando as crianças (é um ótimo ajudante).

Mais uma coisinha, já viram em alguns filmes americanos aquele coral de pessoas cantando músicas natalinas em lugares públicos? Isso realmente acontece e é emocionante. Estive em um evento de natal esses dias realizado por um shopping de uma cidade próxima a minha, além da presença ilustre do Papai Noel, também havia um belíssimo coral de pessoas trajadas com roupas temáticas, cantando as belas canções natalinas. Havia também uma mesa em que as crianças podiam enfeitar os cookies, escrever cartinhas para o papai noel, entre outras atividades. Outro costume dos americanos é pendurarem um calendário de pano todo enfeitado para contar os dias que faltam para o natal e eles realmente ficam muito ansiosos. Enfim, essas são algumas das curiosidades do natal aqui nos Estados Unidos, onde tudo é mágico e encantador, as vezes até acho que moro dentro de um filme. Quero desejar a todos os leitores um natal repleto de alegria, união e luz. Estou ansiosa para celebrar meu primeiro natal aqui, colocar presente debaixo da árvore, provar da comida natalina que é diferente da nossa farofa, peru e maionese, vou sentir saudades até da piadinha do tio do “é pavê ou pacomê?”, enfim, acompanhem mais das minhas aventuras pelo meu instagram @ghaagrigoletto.

E esse é o calendário temático aqui de casa.