logo

Pulgas e carrapatos como proteger seu pet

12/02/2020

Uma das preocupações mais comuns entre os donos de animais de estimação é com as infestações de carrapatos e pulgas. Esses parasitas além de ser desagradáveis podem transmitir doenças e representar um risco para a saúde dos pets e da família. Neste caso, é importante ficar em alerta ao primeiro sinal desses bichinhos em seu animal.

Vamos lá, o primeiro passo é a prevenção

A proliferação de carrapatos e pulgas causa um desconforto nos cães e gatos, além de causar sérias doenças.  

Fique atento!

Sabe aquele momento do cafuné, brincadeiras, escovação e banho é a hora ideal para fazer uma inspeção no animal, e verificar a presença destes parasitas. Aproveite para eliminar assim que eles apareçam. 

Na época do verão, é muito comum ter mais carrapatos e pulgas. Por ser mais quente e úmida essa época do ano apresenta as condições favoráveis para a reprodução desses parasitas.

Carrapatos

É importante verificar as orelhas, focinho, pescoço e entre os dedos das patas dos animais, pois são esses os lugares que os carrapatos gostam de se alojar.  Os animais pegam esses parasitas em contato com outros animais, ambientes com vegetação, folhas e madeira contaminados. Evite deixar seu bichinho passear ou brincar em locais com grama alta ou muita madeira e folhas acumuladas.

Nos imóveis, eles preferem se alojar em locais mais altos, em frestas e cantos, reentrância de muros, embaixo de telhas e até na cobertura dos canis. Realizar a dedetização do ambiente antes de se mudar para uma casa nova pode ajudar muito a evitar a contaminação do seu animal.

 

Encontrei um carrapato o que fazer?

Quando encontrar um carrapato no seu bichinho, na casa ou em você mesmo, retire-o. Para isso, é recomendado usar uma luva e uma pinça, depois coloque o parasita dentro de um recipiente com álcool para matá-lo. É muito comum apertar o carrapato, mas não faça isso, pois você pode se contaminar com o sangue ingerido pelo parasita. E não descarte em outros lugares como no vaso sanitário ou no chão, pois ele não irá morrer e continuará infectando outros animais.

Pulgas

As pulgas são parasitas que se alimentam do sangue. Elas são pequenas e amarronzadas, se movimentam muito rapidamente e possuem a capacidade de saltar. Podem transmitir doenças e causar irritações de pele.

Para verificar se seu pet tem pulga, faça inspeções rotineiras por todo o pelo do seu animal. Se encontrar pulgas ou suas fezes, é preciso agir. As pulgas gostam de se instalar em lugares quentes e abafados, então, é muito comum encontrá-las nas orelhas, pescoço, barriga e próximo a cauda dos animais

Se pet contrai pulgas em contato com outros animais, ambientes ou objetos infectados, imóveis nos quais já moraram animais contaminados podem ainda ter ovos de pulga em frestas no assoalho, cantos da casa, móveis de madeira com reentrância, carpetes e tapetes. Antes de levar seu bichinho para esse ambiente, é recomendado que se realize uma boa limpeza, com uso de aspirador de pó, e realize a dedetização da área.

Como eliminar carrapatos e pulgas?

Quando descobrimos uma infestação de carrapatos ou pulgas em nossos animais, apenas 5% do problema estão concentrados no bichinho. Os outros 95% já estão espalhados pela casa, tapetes, roupinhas, brinquedos e caminhas dos pets. Por isso, devemos sempre tratar todo o ambiente e não apenas o cão ou gato.

No mercado há diversos produtos que ajuda a eliminar os carrapatos e pulgas, como: shampoo, talcos, coleiras e produtos que são oferecidos por via oral. Vale ressaltar que o mais indicado é procurar a orientação de um médico veterinário. O profissional vai indicar o melhor procedimento para acabar e eliminar com esses parasitas.