logo

Ação que mobiliza campanha contra o Aedes aegypti começa nesta segunda-feira (26)

23/11/2018

Secretaria Municipal de Saúde, a partir da próxima segunda-feira (26), vai dar início a Semana Estadual de Mobilização Contra o Aedes aegypti – mosquito causador da dengue, chikungunya, febre amarela e zika vírus.

         Além das visitas de rotina já efetuadas pelos agentes da Coordenadoria de Endemias nos bairros da cidade à procura de criadouros, há também uma programação educativa com cartazes, folhetos, materiais multimídias e exposições de amostras de larvas de mosquitos, promovida pela Secretaria de Saúde nas unidades de saúde. A administração municipal irá realizar atividades em várias outras áreas de atuação: educação, inclusão social, meio ambiente, setor imobiliário (imobiliárias).

         Com destaque para o setor da educação, seis escolas municipais e uma particular irão participar de um concurso de desenho sobre o tema da Semana de Combate ao Aedes, no qual um estudante de cada instituição de ensino irá ganhar um curso de inglês básico da escola de idiomas People, com 6 a 8 meses de duração. As escolas participantes são: Emef Profª Clotilde Russo (Jardim Cândida), Emef Joel Job Fachini (Jardim das Nações), Emef Profº João Poletti (José Ometto III), Emef Profº Leonaldo Zornoff (Jardim Alvorada), Emef Profº Francisco Salles Nogueira (Jardim São João), Emef Profª Maria Zélia Padovani Martins Pereira – Caic (Parque Tiradentes) o Colégio Objetivo. Nas unidades de ensino também haverá a disponibilidade de materiais informativos.

         Na inclusão social, além da disponibilidade de informação sobre a Semana, haverá palestra voltadas à comunidade atendida pelos Cras (Centro de Referências e Assistência Social) do município. No DMA (Departamento de Meio Ambiente) e nas imobiliárias serão desenvolvidas atividades informativas destinadas à população.

         “Para aumentar o nosso campo de atuação, resolvemos realizar essa integração entre outros setores, além da saúde. Com esse reforço, iremos alcançar mais pessoas”, comentou a coordenadora de Endemias, Luciana Cristina Bianco.

 

Poucos casos de dengue em 2018

         De acordo com o último balanço da Coordenadoria de Endemias de Araras, até o momento, a cidade conta com 14 casos positivos de dengue neste ano, sendo 10 autóctones (contraídos na cidade) e 4 importados (oriundos de outros locais). O número de casos negativos foi de 122, sendo 8 aguardando resultados.

         “Atualmente, contamos com 39 agentes de endemias trabalhando em nosso município, formando 3 equipes, distribuídas em todas as regiões da cidade. Mesmo com o número baixo de casos, nós encontramos larvas de Aedes em todos os lugares, por esse motivo, pedimos o apoio da população. Nesta Semana de Combate, vamos intensificar ainda mais o nosso trabalho, buscando eliminar os criadouros”, comentou a agente de combate a Endemias, Ana Cristina Nicomédio.