logo

Prefeitura de Araras deve prestar contas sobre transparência dos gastos com novo coronavírus

Prefeitura alegou já estar cumprindo os procedimentos legais das contratações emergenciais

19/05/2020

 

            O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP) publicou um comunicado cobrando a transparência dos gastos com o novo coronavírus (covid-19) de diversos municípios na última quarta-feira (13), e Araras está no grupo que prestou contas de modo inadequado e atendeu parcialmente as determinações do órgão.

            Os gestores têm 15 dias para que adotem as medidas de transparência, sob sujeição de pagar multas que podem chegar a mais de 55 mil reais, além de sanções administrativas.

            Em nota, a Secretaria de Comunicação Social e Institucional (Secom) informou que a prefeitura já vem cumprindo todos os procedimentos legais em contratações e disponibilizará os documentos no site da Prefeitura. “Os apontamentos do TCE são comuns neste momento, pois várias contratações são emergenciais. A Prefeitura de Araras já vem cumprindo todos os procedimentos legais em qualquer contratação, emergencial ou não, com acompanhamento da Procuradoria do Município.”