logo

Evento de rodeio divide opiniões em Araras

Divulgação de rodeio indoor gera posicionamento contrário de ONG

12/02/2020

O rodeio indoor é organizado pelo Clube de Cavaleiros e pela PBR Brazil, com apoio da Prefeitura, e terá parte da renda revertida para a Santa Casa de Araras. O evento acontecerá nos dias 13 e 14 de março, no ginásio Nelson Ruegger. Araras é a primeira cidade do estado de São Paulo a sediar uma etapa do campeonato nacional de montarias em touros.

Os organizadores serão responsáveis pelas adequações necessárias para garantir a preservação da estrutura do Ginásio, como a colocação de camadas de proteção no piso e areia para o evento, e também por devolver o local nas mesmas condições apropriadas de uso. Como acontece no Rodeio de Araras, uma comissão será nomeada para fiscalizar os procedimentos que serão realizados com os animais.

Entretanto, a Organização Não Governamental “Sempre ao seu lado”, se posicionou contrariamente a este tipo de atração, protocolando um pedido liminar no Ministério Público na última terça-feira (11), pedindo a proibição do Campeonato de Montaria. O documento foi baseado no decreto que diz: "Os haras, os rodeios, os carrosséis-vivos, os hotéis-fazenda, as granjas de criação, as pocilgas, e congêneres não poderão localizar-se no perímetro urbano".

O rodeio é uma prática regulamentada no país pela lei nº 10519, desde 2002, que traz exigências de uma série de cuidados com os animais, que os organizadores dos eventos defendem cumprir. Em contrapartida, é um assunto polêmico, grupos defensores de causas animais costumam se posicionar contra, questionando os maus tratos aos animais que participam.

Foto Ilustrativa: facebook