logo

Orçamento Familiar: comece hoje mesmo!

Você conhece alguma família que já passou ou está passando por problemas financeiros? Infelizmente, muitos leitores responderão “sim” de imediato. De acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) elaborada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o percentual de famílias endividadas no Brasil alcançou 57,9% neste ano.

E o que podemos fazer para tentar reverter esse cenário desastroso? A boa notícia é que existe uma saída e você pode começar hoje mesmo. Trata-se de uma ferramenta fundamental para que você conheça de maneira mais profunda as suas finanças: o orçamento familiar, ferramenta na qual o planejamento é a grande estrela. Para fazer um bom orçamento familiar, você pode seguir 3 passos:

1º - Saiba qual é a renda da família: muitas pessoas começam o orçamento pelas despesas, quando o ponto de partida deve ser as receitas.

2º - Calcule as despesas da família: todos os gastos devem ser anotados de forma detalhada para que se tenha um diagnóstico real da situação. Você pode fazer isso de várias formas (planilhas, aplicativos de celular ou a boa e velha agenda), escolha a que mais lhe agrada. Separe também o que é despesa fixa e variável para que o diagnóstico seja minucioso.

3º - Compare as receitas com as despesas da família: essa etapa é fundamental, já que evidenciará o endividamento ou a poupança da família e ditará os futuros planos de ação.

Caso você tenha um diagnóstico de endividamento, existem duas opções:

- Cortar gastos. A solução é planejar e pesquisar mais, além de comprar somente o necessário;

- Ganhar mais. A solução aqui envolve estar cada vez mais capacitado.

Já para aqueles que evidenciam uma situação confortável, vale a pena pensar em constituir uma reserva de emergência e, principalmente, investir o dinheiro que sobra.

Além disso, é importante ressaltar: como o orçamento é da família, todos devem estar conscientes e comprometidos com a execução das metas estabelecidas. O processo de orçamento envolve total colaboração. Então não perca tempo: reúna a família assim que puder e comece o quanto antes. Se as finanças estão em dia, você controla a situação, não ficando à deriva com os imprevistos e tendo o poder de começar a planejar financeiramente seus sonhos.

Por fim, você pode se perguntar se existe algum segredo para manter o orçamento funcionando ao longo do tempo. A resposta está nas palavras de Ésquilo, dramaturgo e poeta da Grécia Antiga: “a disciplina é a mãe do sucesso”.

Prof. Me. Nelson Oliveira Stefanelli

E-mail: nelsonstefanelli@uniararas.br

Professor do Núcleo de Negócios da FHO | Uniararas

Bacharel em Administração (2011) e Mestre em Administração de Organizações (2014), ambos pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo (FEA-RP/USP). Atualmente, é Professor na FHO e Doutorando do Programa de Pós-graduação em Administração de Organizações na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo (FEA-RP/USP).